Tags

,

Pela segunda vez em sua história, a Coréia do Norte classificou-se para um mundial de futebol. Depois da euforia inicial (foram 44 anos sem aparecer no torneio), chegou o temor: a seleção caiu no “grupo da morte”, com Brasil, Portugal e Costa do Marfim.

Mas ontem o temor se mostrou injustificado, no temido “grupo da morte”, portugueses se mostraram mortos ao esbarrarem com o muro da Costa do Marfim e os amigos do Dunga se mostraram igualmente mortos ao enfrentar o time de militares norte-coreanos.

Mas o mais curioso sobre a Coréia do Norte é que ninguém no país pode se permitir uma viagem até a África do Sul, nem mesmo obter um visto. Por isso, o escritório em Pequim do Comitê Esportivo da Coréia do Norte começou a distribuir entradas dos jogos da sua seleção aos torcedores chineses”.

Kim Jong-Hun técnico da Coreia do Norte

Um grupo de cerca de 1.000 torcedores chineses, no qual se incluía um grupo de atores e músicos que animavam a seleção da China ainda nas eliminatórias, assistirão as partidas contra o Brasil e Portugal para animar seus “primos” norte-coreanos.

Fonte Mdig

Anúncios