As 10 melhores cidades do mundo para viver 2014

Um novo ranking elaborado pela unidade de Inteligência da The Economist mostra quais são as cidades no mundo com as melhores condições de vida. Os países Austrália e Canadá dominam: quatro cidades australianas e três canadenses no top 10. Não há nenhuma brasileira.

As cidades foram avaliadas levando em consideração 30 fatores qualitativos e quantitativos em cinco grandes categorias: estabilidade; saúde; cultura e meio ambiente; educação; e infra-estrutura.

As notas variam de 1 a 100, em que 1 é considerado intolerável e 100 o ideal.

Nota Descrição
80-100 Há poucos (ou nenhum) desafios para os padrões de vida
70-80 O dia-a-dia é bom em geral, mas alguns aspectos da vida podem acarretar problemas
60-70 Fatores negativos tem impacto na vida cotidiana
50-60 Qualidade de vida é limitada
50 ou menos A maioria dos aspectos da vida são severamente restringidos

1º mELBOURNE – AUSTRÁLIA

Nota geral = 97,5

melbourne


2º VIENA – ÁUSTRIA

Nota geral = 97,4

viena


3º VANCOUVER – CANADÁ

Nota geral = 97,3

Vancouver,_BC


4º TORONTO – CANADÁ

Notal geral = 97,2

toronto


5º ADELAIDE – AUSTRÁLIA

Nota geral = 96,6

adelaide


6º CALGARY – CANADÁ

Notal geral = 96,6

calgary


7º SIDNEY – AUSTRÁLIA

Nota geral = 96,1

sidney1


8º HELSINKI – FINLÂNDIA 

Nota geral = 96

helsinki_kauppatori


9º PERTH – AUSTRÁLIA 

Notal geral = 95,9

perth-australia-00113895


10º AUCKLAND – NOVA ZELÂNDIA 

Notal geral = 95,7

Auckland city, Westhaven Marina and harbour view, Auckland, New Zealand

Anúncios

Ranking das cidades no mundo com melhor qualidade de vida

As cidades com melhor qualidade de vida estão localizadas na Europa.  E o Brasil? Não aparece na lista 😦

A pesquisa da consultoria em gestão Mercer disse que as cidades da Europa Ocidental continuam muito boas, apesar da crise econômica. Zurique aparece em segundo lugar, seguida por Genebra. Das 25 melhores cidades do mundo para se viver, 16 ficam no Velho Continente.  As alemãs Dusseldorf, Munique e Frankfurt estão entre as “top 10”.

O Canadá e a Nova Zelândia também se saíram bem entre as 221 cidades incluídas na pesquisa. Vancouver e Auckland ficaram empatadas em quarto lugar. Das cinco melhores cidades para se viver na América do Norte, todas são canadenses. A pesquisa diz que a crise causou um declínio na qualidade de vida nas cidades dos EUA – a mais bem colocada, Honolulu, aparece apenas em 31o lugar.

Na América Latina e Caribe, a mais bem colocada foi Pointe-à-Pitre, na ilha francesa de Guadalupe, que no entanto não ficou entre as 50 melhores.

A melhor cidade do Oriente Médio é Dubai (75º lugar). Na África, é Port Louis, nas ilhas Maurício (82º).

No Oriente, Cingapura continua sendo a melhor (28ª posição), seguida pelas japonesas Tóquio (40ª), Kobe, Yokohama (empatadas em 41ª), Osaka (51aª e Nagoia (57ª).

1º Viena (Áustria)

2º Zurique (Suíça)

3º Genebra (Suíça)

4º Vancouver (Canadá)

4º Auckland (Nova Zelândia)

6º Dusseldorf (Alemanha)

7º Frankfurt (Alemanha)

7º Munique (Alemanha)

9º Berna (Suíça)

10º Sydney (Austrália)

11º Copenhagen (Dinamarca
12º Wellington (Nova Zelândia)
13º Amsterdã (Holanda)
14º Ottawa (Canadá)
15º Bruxelas (Bélgica)
16º Toronto (Canadá)
17º Berlim (Alemanha)
18º Melbourne (Austrália)
19º Luxemburgo (Luxemburgo)
20º Estocolmo (Suécia)
21º Perth (Austrália)
21º Montreal (Canadá)
23º Hamburgo (Alemanha)
24º Nurnburg (Alemanha)
24º Oslo (Noruega)
26º Canberra (Austrália)
26º Dublin (Irlanda)
28º Calgary (Canadá)
28º Cingapura (Cingapura)
30º Stuttgart (Alemanha)
31º Honolulu (Estados Unidos)
32º Adelaide (Austrália)
32º São Francisco (Estados Unidos)
34º Paris (França)
35º Helsinki (Finlândia)
36º Brisbane (Austrália)
37º Boston (Estados Unidos)
38º Lyon (França)
39º Londres (Reino Unido)
40º Tóquio (Japão)
41º Milão (Itália)
41º Kobe (Japão)
41º Yokohama (Japão)
44º Barcelona (Espanha)
45º Lisboa (Portugal)
45º Chicago (Estados Unidos)
45º Washington (Estados Unidos)
48º Madri (Espanha)
49º Nova York (Estados Unidos)
50º Seattle (Estados Unidos)